Contato

E depois da Black Friday?: como uma CDP pode impulsionar campanhas de Fim de Ano

CDP
Yasmim RestumYasmim Restum - 1 de Dezembro de 2021.

O fim do ano é uma época muito aguardada por nichos de mercado que enxergam Black Friday, Natal, Ano Novo e mesmo férias escolares como oportunidades para impulsionar o faturamento.  Mas depois da Black Friday, como impulsionar ainda mais suas estratégias de venda?

Se o objetivo for aproveitar esses meses finais do ano, é imprescindível entender bem as necessidades do seu público alvo, os produtos de maior venda, tendências de consumo, estratégias de ativação mais eficazes - integrando os times de Marketing, Vendas e Customer Success.

E sabendo que, em média, as pessoas gastam 26% a mais neste período, segundo o Meio & Mensagem, é hora de arregaçar as mangas e buscar conhecer melhor o seu cliente.

Nessa busca, você já percebeu que há muitos comparativos e clusterizações? A todo tempo podemos cruzar informações sobre clientes para agrupá-los em nichos de acordo com suas preferências, perfis de compra, etc.

E é através desses cruzamentos de dados que definimos as melhores estratégias.

Sejam campanhas, promoções, eventos ou até um simples email, suas vendas podem performar melhor se sua equipe for capaz de compreender as reais necessidades de cada cliente e adaptar a comunicação da sua empresa ao comportamento do consumidor.

Continue a leitura para entender como uma Customer Data Platform pode ser o que falta para dar a guinada na sua empresa nestas datas sazonais.

O que é uma CDP?

Imagens-1-PT-Artigo-de-Blog-CDP-e-Black-Friday

Customer Data Platform. Essa ferramenta all-in-one pode mudar de vez - e para melhor - a estratégia e os processos do seu time de Marketing, Vendas e Customer Success.

De forma resumida, uma CDP é uma solução de coleta, armazenamento e organização dos dados dos seus clientes, criando um ID único para cada um e clusterizando de forma inteligente para que você não só consiga fazer campanhas segmentadas, como também propor qualquer tipo de serviço personalizado.

Mas você pode conhecer mais sobre esta solução, lendo o nosso artigo: DMP x CDP x CRM: Diferenças e Benefícios Estratégicos

E depois da Black Friday?

A Black Friday passou. Uma data comercial a menos neste final de ano. E agora o foco precisa ser pensar nas demais como Natal, Ano Novo, Férias, Recesso e outras oportunidades sazonais que venham com o Verão ou o Inverno - dependendo de onde você estiver...

Para compreender os reais benefícios de uma CDP, usaremos aqui exemplos práticos.

Vamos supor que sua marca de eletrônicos tem as ferramentas certas para saber, com antecedência, os itens de maior procura por parte da sua base de clientes. E que, após a Black Friday, não teve o lucro que esperava.

Sabendo dessas informações e tendo essa necessidade de melhorar as vendas, vamos imaginar que ainda há uma busca grande por alguns celulares específicos. 

Já esta semana, após a Black Friday - e Cyber Monday - sua empresa já pode começar a impulsionar anúncios não só relacionados a esses aparelhos, mas também de produtos complementares como capas, películas, fones, carregadores especiais, relógios smart, entre outros para chegar mais próximo das metas que não foram batidas na BF.

Percebe como, ao usar uma CDP, não há oportunidade perdida?

Pesquisas, NPS são também opções interessantes para recolher opiniões e alimentar ainda mais a base da sua CDP com dados comportamentais e demográficos fundamentais.

Um exemplo dos resultados é o estudo recente da Zoox Survey Ads  - ferramenta disponível para clientes Zoox que traça um Raio-X do comportamento do cliente e expectativas dos consumidores - que revelou que 58% dos quase 19 mil respondentes costumam aproveitar a Black Friday para comprar algo e 61% preferem fazer suas compras por plataformas digitais ou e-commerces.

Além disso, os itens mais desejados para compra são celulares tablets e computadores com 33%, seguidos por itens de vestuário com 31%, eletrodomésticos com 28% e cosméticos com 19%. 

Entre os 42% que afirmam terem a necessidade de contenção de despesas, há formas de uma CDP - aliada a pesquisas - entender outras necessidades desse público para oferecer ofertas que se adequem ao preço limite desejado ou aos produtos e marcas que façam mais sentido para o cluster. 

Veja outros dados da pesquisa abaixo:post_PT (1)

Pensando uma estratégia de longa duração

Uma estratégia de longa duração para o fim de ano pode ajudar muito o seu negócio a otimizar recursos. É algo comum que as empresas invistam em mídia nesta reta final do ano, o que não só aumenta o custo deles nas plataformas de Ads, como também o público fica mais saturado de anúncios e promoções. Percebe a  necessidade de campanhas direcionadas certeiras?

Nesse contexto, o uso correto de dados pode ser o diferencial entre você e a concorrência.

Já que a Black Friday serve como um esquenta para o Natal e outras datas, é imprescindível usar o ID único de cliente fornecido por uma CDP para fazer campanhas look alike como sugerimos acima.

Em resumo, queremos que você entenda as vantagens que existem em ter os dados como seus principais aliados na hora de entender quem é seu público alvo para fazer as melhores campanhas segmentadas ou oferecer serviços personalizados.

Mas, como não poderia faltar, separamos pra você outras 4 dicas bônus para desenvolver a sua estratégia de longa duração... 

1. Omnichannel e otimização de canais pra já!

Já comece conversando com os(as) desenvolvedores(as) do setor de tecnologia, com a sua pessoa de UX preferida ou mesmo com o time de Marketing para pensar a otimização do seu canal de vendas e outros pontos de contato com o cliente. É importante que todos eles estejam alinhados e conversem entre si - como propõe uma estratégia omnichannel.

E já que a maioria das pessoas opta por compras através de dispositivos móveis como celular e tablet, pense a melhor forma de tornar a navegação uma aliada de uma experiência agradável de compra.

Além disso, busque oferecer soluções de pagamento compatíveis, variadas e que reduzam ruídos na hora da compra, e recompense os seus melhores clientes com o que for possível - uma experiência, um desconto, um conteúdo premium, algo que possa também de te ajudar a colher mais informações.

2. Vá além do marketing

Use os dados para pensar logística também - você pode evitar problemas de estoque, por exemplo, tendo uma base de dados dos seus produtos atualizada. Este mesmo controle de estoque pode melhorar sua relação com fornecedores, bem como evitar problemas com um cliente na hora de uma compra.

Nesses casos, já existem soluções de big data capazes de cruzar dados de anos anteriores inclusive para ajudar  a sua empresa  prever as chances de alta nas demandas e, assim, se preparar com antecedência.

3. E-mails como aliados

Com as redes sociais, pode até não parecer, mas os e-mails são fortes aliados na conversão de vendas. O ROI ( “Return On Investment” ou, em uma tradução livre: “Retorno Sobre Investimento”) neste canal tem uma excelente performance.

Segundo o Shopify, em 2018, cerca de 24% das vendas de final de ano no e-commerce foram impulsionadas por email marketing. É ou não é para investir?

4. Ebook GRATUITO

E claro, já que estamos aqui mergulhados em soluções de vendas, campanhas de final de ano e otimização de e-commerce, não poderíamos deixar de fora o nosso Ebook de soluções de Big Data par Varejo. Com ele, você vai se tornar um expert nas últimas tendências tecnológicas para vendas.

Boa leitura!Ebook Soluções de Big Data para Varejo

Comentários

Materiais Gratuitos