Zoox
Zoox
Contato

Rock in Rio: o potencial da inteligência de dados na indústria do entretenimento

EXPERIÊNCIA
Yasmim RestumYasmim Restum - 24 de Junho de 2022.

Imagine se fosse possível pensar um festival perfeito para você. Seus ídolos musicais preferidos, o restaurante favorito da sua galera, aquela atração interativa incrível que todo mundo faz fila para experimentar e depois postar nas redes e até brindes de patrocinadores que são a sua cara. Tudo tão personalizado que fica impossível não eternizar na memória como uma das melhores experiências da sua vida.

Esse pode até ser um sonho seu. Mas o Rock in Rio já sonha com isso desde a sua primeira edição em 1985. E eles convidaram a Zoox para transformar esse sonho em realidade em 2022 como gestora oficial de dados do evento.

Não é novidade que o segmento sofreu um duro golpe da Covid-19: entre as atividades mais prejudicadas estão: cinema (-86%), shows ao vivo (-77%) e feiras de negócios (-74%), segundo a a Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia da PwC.

Mas esse setor será um dos mais impulsionados pela esperada recuperação de shows ao vivo. Mesmo antes do Rock in Rio 2022, os dados já mostram como o público está ansioso para pisar nos gramados da Cidade do Rock: foram vendidos, antecipadamente, 200 mil ingressos em tempo recorde em apenas 1h28.

Mas de acordo com Rafael de Albuquerque, fundador e CEO da Zoox, esse público, agora reaparece não só aberto a todos os tipos de oferta, mas muito mais exigente, impactado pelos novos hábitos de consumo impulsionados pela pandemia. E a indústria do entretenimento, por consequência, não pode permanecer a mesma - principalmente do que tange à transparência nos processos com os dados.

"Os consumidores não confiam nas organizações para usar seus dados de forma responsável. Marcas que fornecem transparência podem ganhar a confiança dos clientes e se envolver com eles de uma forma mais relevante e eficaz”

Segundo um estudo da BCG em parceria com o Google, empresas que adotam a cultura de dados em sua relação com o cliente têm receita cerca de 20% maior, e podem reduzir custos por volta de 30%.IMAGEM-PT-Artigo-de-Blog---Rock-in-Rio-como-otimizar-o-entretenimento-com-base-em-dadosAgora, portanto, quando torna-se necessário mergulhar profundamente na vastidão de dados, previsões e análises para identificar novas perspectivas e insights para redefinir estratégias, marcas precisam também investir em privacidade e proteção de dados.

A Zoox, por exemplo, conta com programa de governança em privacidade que assegura a proteção dos dados dos consumidores, de acordo com as diretrizes da  LGPD não só para cumprir aspectos legais, mas também para estreitar o relacionamento com clientes.

O CEO do evento, Luis Justo, afirmou à revista Meio & Mensagem, que a geração de novas informações insights é uma forma precisa e assertiva de melhorar a experiência dos fãs do festival.

Uma vez que o evento os conhece melhor, fica mais simples mapear oportunidades de comunicação, publicidades, ações e pode ajudar, inclusive, desde patrocinadores a enxergarem oportunidades no Rock in Rio até a organização a definir as melhores bandas e atrações.

“Todas as ações sempre terão os nossos fãs como norte e melhorar a experiência deles é garantir que o interesse no festival aumente a cada ano. Todo o ecossistema Rock in Rio se beneficia dessa parceria à medida que esses insights geram experiências mais consistentes e aumentam o valor de marca”

 E como os dados trabalham em perspectiva histórica, os resultados possibilitam tomadas de decisão focadas no longo prazo. Uma vez que torna-se possível antecipar tendências, edições futuras do evento serão - e muito - beneficiadas pelo acesso a preferências de consumo,  interesses e experiências do público.

As tecnologias envolvidas na inovação do setor de entretenimento encaminham a indústria para a transformação digital e consolidação da cultura data-driven a partir do uso de ferramentas de inteligência orientadas por dados, modelos preditivos e Smart Wi-Fis.

 “Tratar diferentes informações se tornou prática rotineira no mercado, em diferentes setores, e sinônimo de inteligência e premissa para o crescimento. Empresas que pautam seus planos de negócios na coleta e análise de dados, seguindo os preceitos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e as melhores práticas de segurança da informação podem ter melhor visão e compreensão de seu público, a partir dos critérios que entenderem mais convenientes para seus negócios”, endossa Rafael .

No evento, os dados vão servir como fonte para a correção de falhas de forma ágil, bem como para impulsionar times e iniciativas que estejam performando melhor, e promover experiências únicas e personalizadas sobre as quais falamos no início deste artigo.

Acompanhe a Zoox nas redes sociais e saiba primeiro as novidades em inteligência de dados sobre consumo, interesses e experiências que estamos desenvolvendo para a indústria do entretenimento.

Este artigo foi inspirado na matéria publicada na revista Meio & Mensagem, em junho de 2022.

Comentários

Materiais Gratuitos