Zoox
Zoox
Contato

CIO, CTO e CDO: o que faz cada função e qual é a diferença entre elas?

CDP
Yasmim RestumYasmim Restum - 14 de Maio de 2022.

À medida em que a transformação digital se torna uma realidade - e uma necessidade - para a maioria das empresas que querem ter resultados de sucesso e sobreviver no mundo corporativo no futuro, alguns cargos tornam-se também mandatórios.

Executivos CIO, CTO e CDO que entendam as tecnologias e saibam aproveitar o melhor delas nas empresas são os profissionais mais cobiçados do momento. Esses C-Levels devem aliar um perfil de liderança à expertise em negócios para garantir que as estratégias e operações estejam alinhadas com os objetivos e políticas da organização.

Quando se fala em TI diante de um contexto tão disruptivo, o conhecimento prévio desses profissionais é o que permite tomadas de decisão mais ágeis, além da capacidade de enfrentar mudanças de rota nos negócios e nos desejos dos clientes.

Mas você sabe quais são as responsabilidades desses cargos? Compreende a diferença entre eles? Vamos, então, entender mais a fundo como eles corroboram estratégias em uma empresa.

O que faz um CIO?

Um CIO pode responder por Chief Information Officer ou Chief Innovation Officer. Em uma tradução livre, significa Diretor Executivo de Informação e Diretor Executivo de Inovação.

Esse profissional tem uma função muito dinâmica e é responsável pela liderança de um projeto de transformação digital, trabalha em processos de desenvolvimento de soluções estratégicas e implementação de metodologias ágeis.

Esse cargo precisa ser muito atento ao mercado de tecnologia para extrair o melhor das tendências e novidades, e então aplicar na sua empresa, em produtos ou serviços, visando extrair o máximo de valor comercial.

Ou seja, o CIO traz parceiros estratégicos para o negócio, domina o gerenciamento de risco dos projetos de transformação digital e investimentos em tech e agile, e planeja toda a estratégia de tecnologia para a inovação da empresa - pensando na compra de equipamentos e a implementação de novos sistemas e processos de trabalho.

O que faz um CTO?

O Chief Technology Officer, ou Diretor Executivo de Tecnologia, pode acumular funções de um CIO, mas normalmente está abaixo dele mais focado na aplicação das estratégias. Esse cargo também pode ser de Chief Transformation Officer (Diretor Executivo de Transformação) mais ligado à coordenação estratégica e operacional da Transformação Digital em uma empresa.

Essa posição também precisa ter um amplo entendimento do negócio para cumprir com as metas organizacionais ao longo das suas decisões. Mas o papel de um CTO compreende a coordenação da equipe técnica de Tecnologia da Informação.

O profissional precisa sempre buscar formas de aplicar, criar ou contratar soluções técnicas para reduzir o custo da operação, trazer mais eficiência e atender às expectativas do mercado. E administra a  infraestrutura de hardware e software, criando também estratégias de outsourcing.

É muito importante ter um olhar gerencial preventivo pra lidar com falhas técnicas e de segurança, procurando a melhor forma de reduzir perdas para a empresa. Ou seja, esse executivo reúne visão técnica e conhecimentos em negócios e engenharia de software. Tudo isso vai ser essencial para aprimorar os produtos, serviços e processos da empresa.

O que faz um CDO?

CDO, ou Chief Data Officer, Diretor Executivo de Dados, possuem uma atuação bem abrangente e que pode se misturar com a função de CIO. Para gerar novas oportunidades de negócios, receita, produtos e serviços, o CDO pensa na aplicação de tecnologias digitais para melhorar a eficiência e a segurança na circulação de dados em uma empresa.

Essa é uma posição que pode assumir também a liderança em um processo de Transformação Digital que já está mais avançado - definindo novas frentes tecnológicas para a empresa, e executando estratégias que levem em consideração estratégias de marketing digital e sucesso do cliente.

Um CDO deve e precisa impulsionar o alcance o seu público-alvo através da inovação em processos digitais, mapeando quais ativos devem ser alvo de investimentos. Além de acompanhar os resultados por meio de indicadores, como ROI, acompanhar tendências de mercado e buscar o desenvolvimento da marca digital.

Trabalho em conjunto

Mesmo existindo nuances fundamentais nos trabalhos de cada um desses C-Levels, é fundamental que trabalhem juntos para que a empresa cresça e alcance seus objetivos de mercado.

As suas funções, em muitos casos, se sobrepõem, e é por isso que, apesar da importância de definir um escopo para cada, eles também precisam unir suas visões de negócio para que nenhuma decisão acabe impactando negativamente a operação interna e comercial.

Comentários

Materiais Gratuitos